Her Campus Logo Her Campus Logo
Culture > Entertainment

Três Anos De “Normal People”: Relembre Os Momentos Mais Marcantes Da Adaptação

The opinions expressed in this article are the writer’s own and do not reflect the views of Her Campus.
This article is written by a student writer from the Her Campus at Casper Libero chapter.

A série Normal People acompanha a complexidade do relacionamento e dos sentimentos de Marianne e Connell durante diferentes períodos da vida deles, como no ensino médio, quando se conhecem, e na faculdade, quando se reencontram.

Trailer da série Normal People

Essa trama foi criada por Sally Rooney, uma autora irlandesa, que em 2018 teve o seu segundo livro de ficção contemporâneo publicado, tornando-se um grande sucesso desde então. Após um período de apenas dois anos, ela teve a oportunidade de adaptar a obra para uma série de TV que levou o mesmo nome: Normal People

Com o elenco principal contendo Daisy Edgar-Jones e Paul Mescal e dirigida por Lenny Abrahamson e Hettie Macdonald, a produção audiovisual de 12 episódios foi aclamada por críticos e amada pelos fãs. Eles afirmam que a narrativa foi adaptada fielmente, além de trazer às telas temas complexos presentes nos ambientes amorosos, familiares e de amizade com a mesma delicadeza abordada no livro. Tendo em vista que fazem três anos desde o lançamento dessa magnífica adaptação, vamos relembrar alguns dos momentos mais marcantes dessa história!

conexão íntima

É impossível falar de cenas marcantes e não mencionar a primeira cena de sexo de Marianne e Connell. Desde o princípio é possível ver a ligação especial que os dois personagens principais têm entre si, mesmo com todas as diferenças apresentadas tanto na personalidade e ideias quanto na realidade em que estão inseridos.

Nessa primeira cena fisicamente íntima deles mantêm-se toda a delicadeza que a série apresenta e não se tem pressa ao ocorrer o ato, diferentemente de como é representado na maioria das obras cinematográficas. Entre Connell e Marianne o momento se constrói com calma e aos poucos os personagens abaixam suas guardas para isso. Essa é uma das poucas vezes que eles externalizam que possuem sentimentos um pelo outro.

Após essa cena, fica ainda mais explícita a conexão entre o casal principal, além de ser muito honesta a forma como esses personagens se desenvolvem, fazendo o telespectador se conectar com eles de uma muito forma sutil.

Publicação da conta oficial de Normal People, apresentando uma cena da série

laços familiares

Em muitos momentos da série se vê as relações dos personagens principais com suas famílias que por si só são muito diferentes. Enquanto Connell veio de uma família mais simples e aparenta ter uma relação boa com sua mãe, é apresentada uma situação contrária com Marianne que teve uma criação mais enriquecida, porém vive em constante desentendimento com seus pais, o que molda muito sua personalidade e reflete diretamente em seus relacionamentos românticos. 

Por terem criações distintas, isso também afetou muito como ambos os personagens veem o mundo e suas perspectivas. Em uma cena específica, quando ambos realizaram uma viagem para o exterior juntos, há um diálogo íntimo entre eles sobre a situação financeira de Connell durante a faculdade e como ter conseguido uma bolsa de estudos lhe abriu novas portas, algo que Marianne admite nunca ter pensado sobre.

Essa cena nos mostra como ambos os personagens sempre viveram e foram muito diferentes entre si. Quando estavam no colégio, depois na faculdade e até mesmo nas suas vidas pessoais e relações familiares sempre apresentaram essa dualidade de cada um estar na ponta oposta do outro. Porém, mesmo com essa situação, isso não os impediu de criar um laço forte e quase não rompível entre eles que, mesmo com alguns desentendimentos, se prolongou por toda a vida para que pudessem entender sua ligação com o outro.

Publicação da conta oficial de Normal People, apresentando uma cena da série

relacionamento abusivo

Como dito anteriormente, Marianne nunca teve uma boa relação com sua família. Além disso, a personagem teve um ensino médio sozinho, o que afetou muito a sua forma de se relacionar com outras pessoas, visto que ela não sabia como era se sentir amada de verdade e sempre acreditou que jamais alguém pudesse realmente gostar dela de maneira delicada.

Ao longo da série os espectadores acompanham Marianne em outros relacionamentos e um deles que deixa uma marca muito profunda por se tratar de uma relação abusiva. Seu parceiro era violento, e mesmo após o término, a protagonista não conseguia se desprender de certos comportamentos  que ele apresentou a ela como forma de amor. Como resultado, ela passou a aplicar em seus outros relacionamentos ideias que ela nem gostava, como técnicas de sadomasoquismo durante o sexo, por acreditar que apenas assim seu parceiro poderia amá-la. 

Publicação da BBC Three, apresentando uma cena da série Normal People

No geral, a série inteira é muito marcante pela forma delicada que apresenta tantos problemas que os personagens principais precisam lidar e o relacionamento extremamente complexo deles. É uma narrativa deslumbrante que deve se manter em alta por muitos anos ainda.

O artigo acima foi editado por Marcela Abreu.

Gostou desse tipo de conteúdo? Confira a página inicial da Her Campus Cásper Líbero para mais!

Isabelle Bonezi

Casper Libero '26

Hi! I am Isa and I am currently 18 years old and studying communication at Faculdade Casper Libero in Brazil. I have a passion for horror movies and reading. Also, I really enjoy watching Gilmore Girls in my free time! If you want to contact me don't hesitate to send me an e-mail ibsmariano@gmail.com <3