Ideias Infalíveis Para Montar um Bom Currículo na Área de Comunicação

Nosso currículo é como um cartão de visitas: ele abre portas para as pessoas conhecerem você e o seu trabalho. Mas, a sua área é a comunicação e você não faz ideia de como montar um bom currículo? Fica calma, mana! Hoje nós vamos te dar algumas dicas de como organizar todas as suas informações e conquistar aquela vaga dos sonhos. Se liga!

Gif Source: GIPHY

Os comunicadores são muito conhecidos pelo óbvio: ter boa comunicação e muita criatividade. Então, tenha em mente que o seu currículo deve conter todas as informações muito claramente, além de contar com um visual agradável. Diga quem você é, conte sobre sua vida, fale sobre suas conquistas, explique seus objetivos e nunca se esqueça de dizer suas habilidades e qualidades (é o mais importante), sendo sempre honesta com todas as informações.

Realmente, são muitos pontos que temos que abordar em um espacinho tão pequeno. Então, o primeiro passo é escolher o template, ou seja, o visual que você quer apresentar. Existem inúmeros aplicativos e programas para montar o seu currículo de acordo com o seu gosto e aqui vão dicas de seis deles que são incríveis!

Photoshop, InDesign e Illustrator são programas pagos que fazem parte do Pacote Adobe, então invista neles caso você tenha acesso na sua faculdade ou em algum outro lugar! Todos têm ferramentas diferentes e são específicos para algumas coisas, mas vai da preferência de cada um: o Photoshop é o mais conhecido e é o mais fácil de usar, mas se você quiser mexer mais com ilustrações autorais, por exemplo, o Illustrator é o mais indicado. Já o InDesign, para quem curte diagramação, é perfeito!

Existem inúmeros tutoriais no YouTube que explicam passo a passo como mexer nesses programas, e até mesmo os próprios aplicativos possuem tutorias. A dica é: procure no Google ou até no Pinterest algumas referências de currículos e vai tentando montar até chegar naquele que é ideal para você.

Gif Source: GIPHY

Além desses, existem outros três aplicativos gratuitos que são incríveis e trazem uma proposta um pouco diferente - eles já possuem os templates dos currículos prontos. E o melhor: essas plataformas não são nada limitadas em relação a opções.

Um programa que muitas vezes a gente acaba esquecendo na hora de montar o currículo é o Word. Mas isso é um erro. A maioria das pessoas possui familiaridade com o ele e isso ajuda demais quando não temos tanto tempo, é muito simples e intuitivo. Escolha um modelo e monte pelo computador mesmo.

Agora se você quer algo mais personalizado e com muitas opções, a escolha certa é o Canva. Esse site (ou aplicativo, como preferir) é muito conhecido pelos seus templates, ele não só traz as opções para currículo, como também para posts no Facebook, Instagram, Stories e tudo o que você imaginar. É super tranquilo de mexer, não tem segredo algum e você pode acessa-lo tanto pelo celular quanto pelo computador. Escolha o modelo que mais te agrada e vá em frente. Dica: pelo computador é mais fácil de digitar e tem melhor visualização.

Para terminar, temos uma dica para você que curte algo mais neutro, sem muitas cores ou algo parecido com o que encontram nos outros aplicativos. Pode-se dizer que o Meu Currículo Perfeito é o programa que traz os modelos mais “clássicos” de currículos.

Mas atenção: prefira salvar qualquer arquivo de currículo em PDF! Esse formato é aceito em muitos sites quando é pedido o download de arquivo e muito mais fácil na hora de encaminhar por e-mail.

Agora que você já tem em mente o visual que seu currículo vai ter e qual aplicativo vai usar, comece a escrever. Confira como você deve organizar suas informações:

1. Foto

É obrigatório usar foto? Não! Vai de você também, mas é interessante pensar que a foto é a sua identidade, ela irá diferenciar o seu currículo em meio aos outros que não tiverem.

2.Identificação

Escolha o ângulo ideal no currículo para colocar o seu nome e seu curso. Dica: aposte em escrever com uma cor diferente, para o foco ficar nessas informações.

3. Perfil

Basicamente aqui você irá escrever sua data de nascimento, seu gênero, sua naturalidade, seu endereço e CEP, também opcionais.

4. Apresentação (se preferir, use “Sobre mim”)

Aqui você irá se apresentar; quem é você, porque escolheu tal curso e seus objetivos. Fale somente o que acha que é necessário, enrolação nunca é bom.

5. Contato

Não esqueça jamais de anexar seu número para contato e claro, o seu e-mail.

6. Formação Acadêmica

Aqui você irá dizer onde estudou durante a escola e a sua faculdade. Se caso você seja aluno de transferência, coloque a outra faculdade também. Não se esqueça de dizer o ano que iniciou os estudos e o ano previsto para se formar, além do período do curso.

7. Experiencias e Participações

Esse é o mais divertido e é a chave para atrair interesse ao seu currículo. Aqui você irá contar cada experiência que teve na vida relacionada ao seu curso. Um projeto acadêmico, um trabalho que você sinta orgulho, redações, matérias, planos de ação, produções audiovisuais, podcast, vale de tudo que possa mostrar seu desempenho e comprometimento. E claro, se caso você já tenha estagiado ou trabalho em algum lugar, é primordial que você coloque aqui. Escreva o nome da empresa, o período que ficou por lá e as tarefas realizadas.

8. Habilidades e Idiomas

Último, mas não menos importante! Aqui é onde você vai colocar todos os cursos que já tenha feito (de línguas, edição, conhecimento, conteúdo). Coloque sempre o local e período que realizou. Uma dica legal é você especificar qual o seu conhecimento em línguas ou em programas (exemplo: “Inglês, escrita avançada, leitura avançada, comunicação intermediaria”, “Illustrator avançado”).

Mas, você não precisa falar só sobre programas e línguas. Pense maior, em coisas simples que as pessoas nem lembram. Fale sobre o domínio do Pacote Office por exemplo (caso realmente tenha), ou sobre o manuseio do WordPress. Esses são mínimos exemplos, se concentre em todos os programas que você tenha familiaridade e anote tudo.

Alerta: cuidado para que o seu currículo não vire um carnaval e quem leia se perca nas informações. Opte sempre por escrever de forma clara e coesiva. Escolha cores do seu gosto, mas se ponha no lugar de quem irá ler e pergunte “realmente ficou atraente”?

E claro, você também pode usar as informações do currículo quando vai se candidatar a alguma vaga que não aceite o arquivo do currículo, para montar seu perfil no LinkedIn e em outros sites de vagas.

Gif Source: GIPHY

Dica bônus

Quem trabalha na área de comunicação vai concordar que é muito mais fácil montar um portfolio hoje em dia, em relação à fotos, vídeos, textos, projetos. Portanto, sempre pense em se diferenciar no mercado de trabalho. Por mais que você já tenha contado um pouco no seu currículo sobre suas habilidades, melhor do que falar, é mostrar. Sempre anexe ao seu currículo, o seu portfólio. Nele, inclua sempre seus melhores trabalhos.

Algumas plataformas para você montar o seu portfolio: JournoPortfolio, Wix, WordPress (é uma proposta bem interessante montar um blog em forma de portfólio), Contently e Behance.

Por fim, é sempre bom lembrar que o currículo, na realidade, é só um complemento. Portanto, tenha confiança em si mesma, monte seu currículo impecável e arrase na sua entrevista!