Fatos Apaixonantes Que a Holanda Reserva a Você!

1- Museus

Foto: Ashley Smith

Ainda mais por ser Amsterdam, uma cidade com uma praça nomeada “Praça dos Museus”. Lá, é o lugar do RijksMuseum, referência por toda a Europa. Mas não para por aí, tem museu para tudo! Museu de tulipa no país das tulipas é óbvio; museu do queijo a gente pode até entender, mas e de patos amarelos e decorativos? Loucuras holandesas em forma de museus estão muito presentes, acredite.

2- Transporte público de qualidade

Foto: iamexpat.nl​

Só indo para o exterior para usar transporte público de qualidade”. Veja bem: ele até pode ser melhor do que a lotação da CPTM no final da tarde e pode até te dar acesso a vários lugares diferentes para conhecer. Há uma linha, por exemplo, que liga o centro de Amsterdam ao Aeroporto em menos de 15 minutos e sem lotações. E é tudo cronometrado, então se o trem está marcado para chegar às 17h21 ele vai chegar pontualmente nesse horário, sem atrasos. Mas você deve preparar o bolso! Para nós que não ganhamos em euros, pode ser um empecilho nas economias...

3- Frituras deliciosas

Foto: Ray Sparvell

Além do passaporte, deveria ser exigido que os visitantes da Holanda tivessem em mãos um exame recente de colesterol. Afinal, tudo o que é consumido lá é frito, tem óleo ou então é gorduroso. Há tantas lojas na capital onde são vendidas essas gostosuras, que é melhor se preparar para contar calorias.

4- Moinhos de vento

Foto: Conexão Amsterdam

Centenários, os moinhos de vento são uma das atrações dos campos holandeses. A Holanda é considerada um dos países baixos e metade dos territórios do país são abaixo do nível do mar. Por meio dos moinhos, os holandeses retiraram a água e criaram os pôlderes (porção de terreno conquistada ao mar, lago ou pântano pela construção de diques). Por tudo isso, recomendamos: não sabe onde tirar a seflie para postar no Facebook? Eles são um ótimo plano de fundo! #ficaadica

5- Pães de todos os tipos

Foto: Marcela Schiavon

Na hora do café da manhã eles estão presentes. Muitas vezes doces, semelhantes aos nossos pães de ovos, mas com muitas nozes e frutas secas - como o da figura - (bollens) e, por vezes, salgados - como nossos pães de forma - eles fazem parte da “dieta” holandesa. No almoço são como nosso arroz e feijão. Integrais, multigrãos, sem casca e 99% das vezes recheados com queijo a exemplo da figura da esquerda (sim, já falamos deles). Se você quer um lanchinho no meio da tarde adivinhe o que terá? Isso mesmo, mais pães. Apenas no jantar eles são uma exceção pois, diferentemente dos paulistas, quem mora na região central de Amsterdam vai (com toda a certeza) preferir algum prato quente com peixe, batatas (elas de novo) e legumes.

6- Bicicletas super diferentes

Foto: Marcela Schiavon

A saga das bicicletas é imensa! Não satisfeitos em ter milhares pela rua, os holandeses resolveram combinar outra atração nacional, a cerveja, ao velocípede. Funciona da seguinte maneira: um grupo de pessoas se senta ao redor de um carrinho com mesa no centro e pedalam pelas ruas de Amsterdam, competindo com carros e outras bicicletas enquanto bebem cerveja. Ao que parece, a Lei Seca mandaria beijos e abraços…

7- Waffles

Foto: Wikipédia

Deliciosas, doces na medida certa e com coberturas da preferência do cliente, essas maravilhas estão por toda parte da Holanda (e na Bélgica). No centro de Amsterdam, principalmente, há muitas docerias nas quais a atração principal é esse doce. Na foto acima, a menor está coberta com chocolate branco e preto. Embaixo, a maior tem chocolate branco e uvas. As opções, porém, são inúmeras e os preços variam muito também - quanto mais afastadas do centro, mais baratas - mas não menos gostosas. Isso sem contar das waffles de pacote, que estão em todos os supermercados centrais. Como na foto da direita, as instruções são claras: para que o caramelo do recheio derreta, deixar sobre uma xícara com chá (bebida predileta dos holandeses) ou café (se quiser comer aqui no Brasil, por exemplo).

8- Anoitecer inesquecível

Foto: Marcela Schiavon

Acredite, essa foto foi tirada às 20h! Bom... Se o pôr do sol do Arpoador é uma referência, passar à noite em Amsterdam deveria ser sagrado. Como em nosso horário de verão, lá anoitece bem tarde. A foto acima foi tirada às 21h30 e não parecia nem ter anoitecido direito. É nessa hora que as baladas ficam cheias, os casais sentam de mãos dadas após o jantar apenas para admirar a lua e as crianças podem observar das janelas de suas casas a paisagem noturna maravilhosa!

9- Pessoas de diversas nacionalidades

Foto: Lívia Vitale

Ao lado de Nova York, São Paulo e Tóquio, Amsterdam abriga um número imenso de turistas. O local é um dos corações do mundo. Algumas estimativas, como a do Portal Conexão Amsterdam, afirmaram que, em 2030, é esperado que a capital da Holanda receba 30 milhões de visitantes, de todos os lugares. E tudo isso tem uma razão, além de acolhedora, o local é uma das pequenas cidades mais extraordinárias do mundo. Essa lista foi feita para comprovar o quão arrasadora é a capital da Holanda.

10- Casas barco

Fotos: Lívia Vitale

Elas não poderiam faltar, afinal, são atrações holandesas e estão por toda a parte. A capital dos Países Baixos é um coração regado pelas veias d’água. Nos tempos passados, a grande circulação de produtos, entre um navio e outro, motivou a criação de portos na cidade. Ao longo dos anos, os canais ganharam fama. Os turistas se uniram aos trabalhadores do século XVII, que já conheciam as águas para transportar mercadoria, como armas, açúcar e porcelana, na tarefa de se deslocarem pelos canais - descobrindo os segredos de Amsterdam no balanço da correnteza. Mas, como tudo muda com o tempo, quatro séculos depois, vemos inúmeros house – boats estacionados nas laterais dos rios como se os canais fossem ruas e, os barcos, carros. Grande parte deles se mantém ancorados permanentemente, camuflados no cenário histórico da cidade.