Dia Mundial do Lúpus: Conheça A História De Selena Gomez Com A Doença

O Lúpus é uma doença autoimune sistêmica, que pode atacar qualquer órgão ou tecido do corpo - caso um ou mais órgãos sejam afetados, é conhecido como Lúpus Sistêmico e se a manifestação da doença acontece através de manchas vermelhas na pele, Lúpus Cutâneo.

A doença é uma enfermidade atrelada ao sistema imunológico e existem vários tipos de sintomas em diferentes partes do corpo, o que dificulta o diagnóstico. Além de ser crônica, ou seja, sem cura, porém existem tratamentos. O Lúpus se manifesta em cada organismo de maneira distinta, alguns indivíduos necessitam de doses maiores de medicamentos, enquanto outros de menores quantidades, tornando o processo de tratamento individual. Pesquisas feitas em 2017 indicam que mais de 5 milhões de pessoas lutam contra a doença ao redor do mundo, sendo mulheres 90% dos diagnosticados.

 

  1. 1. Selena Gomez

    Diversos famosos convivem com o Lúpus e buscam chamar atenção e mostrar como é viver com a doença para os seus seguidores. Selena Gomez é uma das personalidades mundialmente conhecidas que precisam batalhar contra a enfermidade diariamente.

    Cantora, atriz, compositora, produtora, empresária e dubladora, Selena Gomez nasceu em 22 de julho de 1992 e iniciou sua carreira artística em 2000, no programa infantil “Barney e seus Amigos”, até 2003. Em 2006 assinou o seu contrato com a Disney, garantindo à atriz algumas participações em programas do canal, como “Zack e Cody: gêmeos em ação” e “Hannah Montana”. Mas foi em 2007 que Selena se tornou uma queridinha do público jovem, com seu papel em “Feiticeiros de Waverly Place”. Ela deu início a sua carreira no ramo da música em 2009, ao lançar o seu primeiro álbum de estúdio, “Kiss and tell”.

    O sucesso de Selena é inegável, ela possui diversos prêmios pelas suas músicas e interpretações, além de ser amada pelo público. Mas, ao contrário do que muitos pensam, a vida da cantora não foi sempre um “mar de rosas”.

  2. 2. Selena e a doença

    Selena foi diagnosticada com Lúpus em 2013. Na época, ela realizou sessões de quimioterapia na tentativa de eliminar a doença e como consequência teve que cancelar sua turnê para a Austrália e Ásia. Selena disse aos fãs que precisava de um tempo para si mesma e que esse seria o motivo do cancelamento dos 13 shows que faria. Porém, a decisão levou muitos a acreditarem que a cantora estava envolvida com drogas e álcool. Em uma entrevista concedida à “Billboard” em 2015, Selena revelou publicamente seu diagnóstico e relembrou as especulações que circulavam na mídia em 2013, “eu queria tanto dizer: ‘Vocês não têm ideia. Eu estou na quimioterapia. Vocês são idiotas’. Eu me tranquei e fiquei afastada até me sentir confiante e confortável de novo”.

    Desde que se abriu para o mundo em relação a sua doença, Selena recebeu carinho e amor de seus admiradores. Mas, infelizmente, nem todos entendem o significado de empatia. A cantora já revelou em entrevistas que demorou para aceitar o seu diagnóstico, o que fazia a batalha pela aceitação ficar ainda mais difícil quando via comentários maldosos na internet a respeito do seu peso, aparência e de suas apresentações em programas de tv ou premiações.

    A nossa eterna Alex de “Feiticeiros de Waverly Place”, em uma entrevista exclusiva para o programa “Today”, em 2017, afirmou que precisou ficar entre a vida e a morte para entender a gravidade do seu problema. A exaustão física e mental, os episódios febris e outros sintomas da doença não eram suficientes para que ela parasse com sua rotina e iniciasse um tratamento de maneira correta. Foi em setembro do mesmo ano que a cantora abriu os olhos para a situação, quando teve que passar por uma cirurgia de transplante de rim em decorrência do Lúpus - na época, Selena fez um post no Instagram agradecendo sua amiga Francia Raísa por ter doado o órgão e salvado sua vida. Desde o acontecido, a cantora passou a priorizar a sua saúde.

    Em 2020, após lançar seu terceiro álbum solo, “Rare”, a cantora explicou o porquê de estar afastada das redes sociais há um tempo. Em entrevista à revista britânica “Dazed”, Selena afirmou: "Não leio nada. Tem sido difícil porque eu estava acostumada a ler tudo. Mas eu parei mesmo. Quando descobri que meu álbum estava recebendo boas críticas, fiquei feliz, mas não posso prestar atenção, quando faço isso, me sinto insegura e vazia. Às vezes, é muito melhor não saber”. O afastamento possibilitou que Selena ficasse longe de críticas e comentários sobre seu peso - que oscilava devido aos remédios contra o Lúpus - algo que lhe fez muito bem.

    Apesar das circunstâncias - aumentadas pelo fato de Selena viver na mídia - a multi-talentosa sempre foi muito aberta em relação a sua doença e fez questão de falar sobre o assunto em entrevistas, para uma maior visibilidade à causa. A luta contra o Lúpus é difícil e dura a vida toda e com certeza merece mais atenção do que recebe.

------------------------------------------------------------------------------

O artigo acima foi editado por Giullyana Aya Lourenço.

Gostou deste tipo de conteúdo? Confira a página inicial do Her Campus Casper Libero para mais!