Her Campus Logo Her Campus Logo
Entertainment

O Adeus À Malhação: 6 Casais Que Marcaram A História Da Novela

The opinions expressed in this article are the writer’s own and do not reflect the views of Her Campus.

Desde o tempo em que o termo “shippar” nem existia, os casais de Malhação têm tomado os corações dos fãs.

No ar desde 1995, Malhação está dizendo adeus. Foram 27 anos recheados de histórias emocionantes, humor, descobertas, muita música e, principalmente, muito romance.

Não é segredo que cada uma das 28 temporadas da novela teen são marcadas, especialmente, por dois pontos: a trilha sonora (alô, Charlie Brown Jr.!) e seus amados casais.

Na lista de hoje, vamos relembrar 6 casais que marcaram a história da novela e arrancaram lágrimas, risadas e MUITOS suspiros dos fãs.

1 – Brutinha: “Malhação – Intensa Como A Vida”

Começando por um grande amor do público [e o casal preferido desta autora que vos escreve]: Brutinha. Só de falar esse nome já se estampa automaticamente um sorriso bobo no nosso rosto, né, não? 

Maria de Fátima dos Prazeres, mais conhecida como Fatinha (Juliana Paiva), a “periguete” mais amada do Brasil. Ela é aluna do Quadrante, colégio que é cenário da vigésima temporada de Malhação, e colega da irmã de Bruno (Rodrigo Simas), um universitário “certinho”.

Assim que vê o rapaz, ela fica determinada a conquistá-lo, custe o que custar. Ela conta mentiras e toma atitudes erradas, mas seu amor e insistência acabam cativando o seu “moreno”, que logo se apaixona perdidamente por sua “loura”.

Esse casal hilário e intenso tem tudo que o público ama e mais um pouco: brigas, reconciliações, ciúmes, reviravoltas, romance, paixão, muitos beijos e muita confusão. Ah, e um final feliz, é claro!

2 – Perina: “Malhação – Sonhos”

O casal mais encrenqueiro de Malhação foi também um dos mais amados. A lutadora de box durona Karina (Isabella Santoni) e o atrapalhado músico Pedro (Rafael Vitti) formam o inusitado “Perina”.

Essa história de amor começa com um bom clichê adolescente que parece ter saído diretamente dos melhores filmes dos anos 2000, como “10 Coisas Que Eu Odeio Em Você”: Bianca (Bruna Hamú), a irmã de Karina, paga Pedro para namorar com ela.

Para ele, tudo começou como apenas uma forma de ganhar um dinheiro fácil. No entanto, ele acabou se apaixonando de verdade por sua “esquentadinha”.

“Perina” é composto por muitos tapas e beijos, mas seu amor consegue superar as mentiras e as adversidades, criando uma história linda e divertida que marcou História de Malhação.

3 – Yasmin e Peralta: “Malhação 2008”

“Jesus apaga a luz”, porque esse casal ilumina qualquer ambiente por si só! Na maior temporada de Malhação da História, esse casal coadjuvante foi o mais amado pelo público. 

Yasmin (Mariana Rios) é uma ótima cantora e forma a banda “Faniquito” com sua melhor amiga Débora (Nathalia Dill), a vilã da edição, a qual não tem talento algum para cantar. Hilária e extremamente ciumenta, ela e o playboy mulherengo Peralta (Jonatas Faro) são completamente apaixonados.

Entre inúmeras brigas, muita paixão e muitos términos e reconciliações, o casal consegue sobreviver às turbulências e nunca deixa de arrancar boas risadas e longos suspiros dos fãs.

4 – Miyuki e Cabeção: “Malhação 2003”

Na décima temporada, a japonesa Miyuki (Danni Suzuki) se muda para a pousada, onde Cabeção (Sérgio Hondjakoff) mora. O rapaz logo fica “caidinho” por ela e faz de tudo para ajudá-la a se adaptar à vida no Brasil. 

Essa dupla engraçadíssima levou tempo para se tornar um casal. Cabeção teve que insistir muito para conquistar o coração de sua “deusa nipônica”, mas Miyuki acabou cedendo aos charmes do rapaz.

A história de um dos casais mais hilários de Malhação se estendeu de 2003 a 2005. Começando como coadjuvante, logo tomou o protagonismo no coração do público e se tornou um dos mais icônicos das 28 temporadas.

5 – Lica e Samantha: “Malhação – Viva a Diferença”

“Malhação – Viva a Diferença” foi protagonizada por cinco amigas. Uma delas é Lica (Manoela Aliperti), garota rica, rebelde e que tem um relacionamento difícil com o pai. 

Ela e Samantha (Giovanna Grigio) são colegas de escola e, ao longo da novela, vão se tornando muito amigas. Dessa amizade, surge um sentimento mais forte: amor. As duas se apaixonam e, daí, nasce “Limantha”. 

Após 25 temporadas, são essas duas meninas que protagonizaram o primeiro beijo entre pessoas do mesmo gênero de Malhação, marcando para sempre esse casal na História da novela.

6 – Michael e Santiago: “Malhação – Vidas Brasileiras”

Por último, mas não menos importante, temos Michael (Pedro Vinícius) e Santiago (Giovanni Dopico), que protagonizaram não apenas uma das minhas histórias preferidas de Malhação, mas também, o primeiro beijo entre homens da história da novela.

Santiago é aluno novo no Sapiência, o colégio da 27ª temporada. Ele é um jogador de futebol, filho de pai homofóbico, que ainda não entendeu sua sexualidade. Enquanto isso, Michael é um homem gay e bastante orgulhoso de quem é. Ele luta por seus direitos de se expressar e de ser quem é.

Eles se conhecem e, pouco a pouco, tornam-se amigos, cada um entendendo a realidade e as visões de mundo do outro. Em meio a provocações e preconceitos dentro e fora das paredes do Sapiência e trocas de cartas anônimas entre os dois, Santiago vai se entendendo e Michael se apaixonando.

👯‍♀️ Related: Goodbye, “Malhação”: Remember 5 Iconic Seasons Of The Brazilian’s Most Loved Teen Telenovela
Giulia Howard

Casper Libero '24

Jornalism student at Casper Libero who loves to talk about movies, tv series, books and anything related to entertainment and culture.
Similar Reads👯‍♀️