Her Campus Logo Her Campus Logo
Entertainment

Conheça Emily Lima, a Primeira Mulher a Comandar a Seleção Feminina de Futebol

Emily Lima, ex-jogadora de futebol, se naturalizou portuguesa para defender a seleção do país. Além disso disso, ela passou por alguns clubes como São Paulo, Palestra de São Bernardo, Estudiantes, Sporting Huelva e Napoli, clube onde encerrou a carreira de jogadora devido a uma lesão.

Sua trajetória como técnica de futebol se iniciou no ano de 2009, após se aposentar do esporte. O primeiro clube que ajudou a comandar como auxiliar técnica foi o time feminino da Portuguesa, em São Paulo. Em 2011, Emily assumiu o comando do time feminino da Juventus e dois anos mais tarde recebeu um convite para treinar a seleção brasileira feminina sub-17. 

Emily deixou de dirigir a seleção brasileira sub-17 após aceitar o convite do time do São José, clube em que consolidou sua carreira como técnica, sendo campeã do Campeonato Paulista, Jogos Abertos e Regionais dois anos seguidos e vice da Copa do Brasil. Após seu sucesso, veio o convite para comandar o mais alto escalão de futebol feminino do país: a Seleção Brasileira Principal Feminina.

Foto: @pegazevedo/divulgada no Instagram da treinadora

Emily assumiu a Seleção em 2017 e obteve grandes resultados: de sete partidas jogadas, venceu todas. Contabilizando toda sua trajetória temos treze jogos, sete vitórias, cinco derrotas e um empate, 56% de aproveitamento em campo.

A primeira mulher a dirigir a seleção brasileira foi demitida cinco meses após assumir o cargo. A CBF alegou resultados insatisfatórios, mas Emily afirmou ter tido pouco respaldo da coordenação da CBF. 

A trajetória de Emily Lima no comando da seleção traz discussões que são levantadas até hoje. Pouco antes da Copa do Mundo Feminina de 2019 se iniciar, o técnico Vadão, que comandava a equipe brasileira, acumulava nove derrotas seguidas e nada foi feito. Em entrevista ao Programa do Bial, Emily afirma ter sido demitida por ser mulher, já que seus resultados eram naturais, Emily tinha apenas iniciado um trabalho na seleção e ao menos deram oportunidade para ela consolidá-lo. Depois que foi demitida da seleção, Emily assumiu o Santos, foi campeã paulista e vice da Libertadores com as Sereias da Vila. 

Brenda Mendes

Casper Libero '20

A journalist who loves sports and music
Similar Reads👯‍♀️